7 motivos para visitar Paris

Paris é o destino para todos os gostos, idades e roteiros. A cidade oferece vistas maravilhosas, além de monumentos e cafés que fazem dela, indubitavelmente, um dos lugares mais visitados do mundo. A beleza francesa exala por todos os poros da capital parisiense e serve de inspiração para inúmeros livros, filmes, espetáculos.

Ainda não se convenceu? Então se prepare, porque Diário de Navegador selecionou 07 razões pelas quais você deve visitar Paris ao menos uma vez na vida!

Saiba mais: Os 10 melhores lugares do mundo para visitar no outono


Torre Eiffel

GIF Torre Eiffel a noite

Ícone da cidade, a Torre Eiffel é provavelmente a primeira coisa que alguém pensa ao escutar “Paris”. A construção foi erguida em 1889 por Alexandre Gustave Eiffel e caracteriza hoje um dos cartões postais mais conhecidos pelo mundo. Você sabia que do por do sol até 1 hora da manhã a torre se acende e brilha, iluminando os céus como uma moça vestida em belos vestidos? Daí vem seu apelido “A Dama de Ferro” (“The Iron Lady”, do inglês).

Museu do Louvre

Museu do Louvre

O Museu do Louvre (Musée Du Louvre, em francês) é um dos mais belos museus do mundo, com sua arquitetura em formato de pirâmide que é ícone parisiense. Foi inaugurado em 1793 com uma exposição de 537 pinturas e outros 184 trabalhos artísticos. Desde então, é um dos maiores museus de arte deste mundão e, caso não queira perder horas em sua fila de entrada, é melhor reservar seus bilhetes de acesso com antecedência.

Saiba mais: “Apesar da crise”… conheça 9 destinos para fugir do dólar alto e aproveitar as férias!

Les Grands Magasins

Galeries Lafayette

As “grandes lojas” de Paris, em português. É orgulho parisiense possuir as lojas mais belas do mundo, onde visitantes podem vislumbrar as últimas tendências fashion, degustar pratos em restaurantes gourmets, ou até mesmo curtir desfiles de moda. Galeria Lafayette e Pritemps são duas das lojas que você deve conhecer ao ir a Paris para sentir o glamour das melhores marcas, desde Hermes e Chanel até Dior. Mesmo que você esteja economizando ou mochilando, a visita às grandes lojas de Paris vale a pena por sua arquitetura emblemática, interiores caprichosos e domas de tirar o fôlego.

Pont des Arts

Pont des Arts

A Ponte das Artes, em português (também conhecida em francês como “Passarelle des Arts”), é uma ponte para pedestres construída sobre o Rio Sena, que conecta o Instituto da França (Institut de France, em francês) ao quarteirão central do Palácio do Louvre. Esta ponte é famosa principalmente pelos cadeados de amor que turistas prendem em suas laterais com seus nomes gravados neles. Para os românticos de plantão, o ritual envolve também arremessar as chaves no Rio Sena, como votos românticos e duradouros para seus relacionamentos. Infelizmente, no dia 01 de junho de 2015, os cadeados foram removidos devido aos riscos de desabamento que causavam sobre a ponte. Isso mesmo: eram tantos cadeados que o peso colocava em xeque a segurança dos turistas! Mas não se preocupe, a ponte em si continua preservada para fins turísticos e amorísticos.

Montmartre

Sacre Coeur

Montmartre é um quarteirão ao norte de Paris que oferece o ponto de maior altitude da capital. A vista é única e de tirar o fôlego. Ok, o fôlego vai embora também por causa dos vários degraus que você deve enfrentar para chegar ao topo. Além de aproveitar a vista, aproveite para conhecer a Basílica de Sacré Coeur, que também vale a visita.

Jardins de Luxemburgo

Jardins de Luxemburgo

Paris possui vários parques lindos, bem arborizados e com jardins de tirar o fôlego.  O Jardin du Luxembourg, como é chamado em francês, é o segundo maior parque da cidade e forte candidato ao mais lindo. É o jardim do Senado Francês, que se localiza dentro do Palácio de Luxemburgo. Em tempos de calor, lembre-se de levar roupa de banho para as crianças e uma boa cesta de piquenique: o parque possui pequenos espaços com água para crianças brincarem e grandes gramados para relaxar.

Moulin Rouge

Moulin Rouge

Talvez você não saiba, mas Moulin Rouge é o mais famoso cabaré do planeta, construído em 1889. Seu clássico moinho vermelho ainda ilumina o bairro Pigalle, marcado pelo cancan que dita o ritmo da casa. Jantar enquanto a orquestra coloca todo mundo pra dançar em uma festa cintilante é mais do que um programa pro final de semana, é uma experiência para a vida!


Navegador, poderíamos passar décadas conversando sobre Paris. A cidade nunca dorme e oferece atrações de todos os tipos. Sem deixar de lado outros pontos turísticos, como o Arco do Triunfo, as Catacumbas, a Paris moderna, a Disneyland de Paris, etc., selecionamos os mais icônicos e únicos da capital francesa.

E aí, curtiu nossa seleção? Compartilhe com seus amigos! O Diário de Navegador está sempre aberto a críticas e sugestões via Facebook ou comentários.

Boa viagem!

Compartilhe suas ideias