Conheça a famosa mina de sal de Wieliczka

mina de sal de Wieliczka

Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1978, a Mina de Sal de Wieliczka atrai mais de um milhão de turistas todo ano. É o maior museu de sal da Europa e um dos maiores do mundo. Para quem está planejando uma visita, confira as dicas que o Diário de Navegador preparou para você!

A mina de sal de Wieliczka

Existem dois passeios ofertados na mina. O passeio mais procurado é o tour guiado pela mina de sal. É obrigatória a presença do guia, por isso organizam os tours em grupos definidos por idiomas. Existem grupos em inglês com uma enorme frequência. Quando estive lá, cheguei na hora de um tour, então não tive que esperar muito. O tour dura cerca de 2 horas e meia.

A entrada custa 79 PLN (para estudantes sai por 69 PLN). Para tirar fotos dentro da mina é preciso comprar uma licença de 10 PLN. Quando fui à mina estava com meu namorado e fomos comprar a licença. A moça da bilheteria nos cobrou apenas uma e disse que valeria pelo casal. Caso você se esqueça de comprar a licença de fotografia, pode comprar dentro da mina durante um dos intervalos.

O outro passeio oferecido a turistas se dá em outra entrada da mina. Este é feito normalmente depois, pois assim, as pessoas já estão familiarizadas com o ambiente e sua história. O passeio é conhecido como “caminho dos mineiros” e trás atividades que fazem o turista interagir com a mina. O local oferece capacetes e roupa de proteção para este passeio em específico. Não fizemos este tour, mas ele também é muito procurado e bem classificado.

Mina de Sal Wieliczka Cracovia Polonia mina de sal de Wieliczka
Igreja dentro da Mina de Sal, onde até mesmo o lustre é feito de sal.

Como chegar de Cracóvia até a mina de sal de Wieliczka

É possível fazer este trajeto de trem, a partir da estação Krakow Glowny em Cracóvia. O trem sai a cada 30 minutos e para na estação Wieliczka Rynek Kopalnia (última estação). O bilhete é comprado dentro do trem, em dinheiro, por 3 PLN.

Chegando à estação de Wieliczka, basta seguir reto até uma placa que indica a entrada. Como existem dois passeios na mina, o tradicional e o caminho dos mineiros, basta seguir para o lado desejado. A placa da esquerda, que sinaliza a mina a 400 metros, é o passeio que simula o caminho dos mineiros. Já o da direita, de 100 metros, sinaliza a entrada mais turística da atração.

A volta para Cracóvia segue a lógica inversa da ida. Basta pegar o mesmo trem na estação de Wieliczka (só tem uma plataforma) e retornar à Krakow Glowny. O bilhete de retorno também é comprado dentro do trem por 3 PLN.


A mina de sal vale a visita! Possui a segunda maior igreja subterrânea do mundo – a primeira fica na Colômbia -, os guias são bem treinados e fazem um tour descontraído e bem informativo, com direto a lendas locais. Para os que terminam o tour com um pouco de fome, existe um restaurante dentro da mina com preços bem acessíveis e comidas típicas deliciosas!


E aí, curtiu? Compartilhe com seus amigos!

Lembre-se que o DDN está aberto a críticas e sugestões via Facebook, comentários e através do nosso contato direto.

Nós estamos sempre atualizados com as melhores dicas para viajar barato! Receba gratuitamente novas publicações do Diário de Navegador por e-mail! 😀

Não vai ficar fora dessa, né?

Escrito por
Mais de Mar Falco

10 coisas para fazer de graça em Praga

Praga é uma das nossas cidades favoritas! Capital da República Tcheca, é...
Leia Mais

6 Comentários

  • Tem uma visita guiada em italiano às 18:45. Na volta, é fácil pegar o trem para Krakow Glowny, por volta das 22:00 horas?

    • Oi Cristina, tudo bem?
      Pesquisei aqui no site da rede ferroviária que faz o trajeto e encontrei trens de volta até umas 22:30. Vou deixar o link aqui pra você fazer uma pesquisa e confirmar seu roteiro!
      Qualquer outra dúvida que surgir, é só comentar aqui no post! 🙂

      Link: http://rozklad-pkp.pl/en

    • Oi Tiago, tudo bem?
      Espero que o post te ajude com as melhores opções!
      Se tiver mais alguma dúvida sobre o seu roteiro, é só nos avisar! Quem sabe não te damos mais dicas como esta? 😀
      Boa viagem navegador!

  • Gostei muito dos roteiros do site! Farei uma viagem de cinco dias à Polônia (Varsóvia, Cracóvia e Auschwitz), e vou me valer muito das recomendações daqui! 🙂

    • Que show Iago! Leva o Diário de Navegador na mochila! 😀
      Quais suas próximas viagens? É só falar o que tem vontade de ver no site que tentamos trazer pra você. 😉
      Ah, e boa viagem pra Polônia! ⛵

Compartilhe suas ideias