Roteiro de 1 dia: o que fazer em Parma

Parma é uma das cidade mais prósperas e famosas da região da Emília Romagna, na Itália. Além de ser referência na gastronomia italiana, é conhecida por ser uma cidade muito agradável para se morar. Sua fama maior é o queijo parmesão (parmigiano reggiano, em italiano) e o famosíssimo presunto de parma (prosciutto). Se você pretende visitar essa linda cidade, saiba que é um dia para se comer bem e sentir o gosto da Itália! Venha com a gente e descubra o que fazer em Parma!

Como chegar

Não existe segredo. No geral, especialmente no norte, a Itália é muito bem conectada de trem. Fiz o passeio até Parma como um bate e volta de Bolonha, onde morava. Dá para conhecer tudo em um dia só, mas não é uma ideia ruim passar a noite em Parma. A cidade é bem legal e tem um centro histórico super bacana.

Para chegar até lá, procure a sua cidade de origem e compre um bilhete de trem da empresa Trenitalia. O bilhete de Bolonha para Parma, por exemplo, custa EUR 7,35 cada trecho. Dá para fazer o passeio a partir de Milão e de várias outras cidade da região.

O que conhecer em Parma

Nem só de comida vive Parma. A cidade é bem lindinha e existem algumas atrações que vão enriquecer o seu dia.

Visita à fábrica de queijo

O que fazer em Parma - Queijo

A primeira delas é, claro, a visita à fábrica de queijo. Dá para agendar um tour e conhecer todo o processo de fabricação dessa maravilha! A Alexandra do blog Café Viagem fez o tour e escreveu um post super legal sobre a experiência!

Palazzo della Pilotta

É um conjunto de atrações em uma só. O Palazzo della Pilotta recebeu esse nome em homenagem ao jogo espanhol pelota, que era praticado no seu interior. Mesmo tendo sido quase todo destruído durante a Segunda Guerra, foi restaurado e hoje abriga algumas atrações importantes de Parma.

O que fazer em Parma - Palazzo della Pilotta

Entrada do Palazzo della Pilotta.

A primeira delas é a Galleria Nazionale e sua coleção de obras de arte. Abriga também o Palazzo Ducale, a Biblioteca Palatina, o Museu Arqueológico Nacional, o Museu Bodoniano, a Academia de Belas Artes e por fim o Teatro Farnese. 

O que fazer em Parma - Teatro Farnese

Interior do Teatro Farnese.

O Teatro Farnese é do ano 1618 e foi inaugurado para o casamento de da duquesa Margarida de Médici com Eduardo Farnésio em 1628. Ele foi totalmente destruído nos bombardeios da Segunda Guerra, mas foi reconstruído entre 1956 e 1965 usando a madeira e o design original. Existe um museu na parte de baixo do Teatro que está incluso na visita. O bilhete custa EUR 6.

O que fazer em Parma - Teatro Farnese

Início do museu com imagens reais da destruição do Teatro durante a Segunda Guerra.

Por fim, saindo do Palazzo della Pilotta, está a Piazza della Pace, uma praça com  jardim que dá início ao centro histórico de Parma.

O que fazer em Parma- Piazza della Pace

Piazza della Pace.

Piazza Giuseppe Garibaldi

Seguindo um pouco mais, está a Piazza Giuseppe Garibaldi. Ali se encontra o centro de informações ao turista, caso quira um mapa ou mais dicas de passeios. Os arredores da praça são lindas ruas italianas, normalmente movimentadas e muito charmosas. Aproveite para caminhar pelo centro!

A praça é o centro administrativo e coração da cidade e abriga inclusive o palácio do governador (Pallazo del Governatore) e a Igreja di Santa Maria dela Steccata. Além disso, várias lojas, bares e restaurantes, inclusive a famosa La Prosciutteria Noi da Parma, uma loja só de presuntos diferentes.

Na praça também está o monumento que homenageia Giuseppe Garibaldi.

O que fazer em Parma - Piazza Giuseppe Garibaldi

De frente para a estátua de Giuseppe Garibaldi em época de Natal.

O que fazer em Parma - Piazza Giuseppe Garibaldi

Praça e estátua de Giuseppe Garibaldi.

Você encontra com a gente sempre as melhores dicas sobre nômades digitais e sobre viajar barato! Coloque seu nome e e-mail abaixo para receber gratuitamente novas publicações do Diário de Navegador em sua caixa de entrada! 😀

Não vai ficar fora de dessa, né?

Piazza Duomo

Andando um pouco mais, sempre de olho nas belas ruas de Parma, está a Piazza Duomo. Nela, ficam o Battistero di Parma e a Cattedrale di Parma.

O que fazer em Parma - Catedral e Batistério

Catedral à esquerda e batistério à direita.

A Catedral de Parma é uma das maiores da Itália, construída em 1106 e por isso vale a pena a visita. É muito famosa por sua pintura feita na cúpula da igreja. Ao lado da catedral está o batistério. Por fora já achei encantador. A construção do batistério foi feita como um prédio octogonal com mármore rosa.

A catedral tem entrada gratuita e o batistério cobra EUR 8 e já inclui no mesmo bilhete a visita ao Museu Diocesano.

Parco Ducale

Decidi fazer o parque por último, pois já seria caminho de volta para a estação de trem. Antes, claro, saí para comer!

O Parco Ducale fica bem em frente ao Palazzo della Pilotta. Basta cruzar a Ponte Giuseppe Verdi e voilà!

O que fazer em Parma - Ponte Giuseppe Verdi

Ponte Giuseppe Verdi.

No verão é uma ótima ideia passear pelo parque e relaxar por lá enquanto pensa em tudo que você acabou de comer rs. Mas mesmo no inverno, não deixe de dar um pulinho lá! O parque é conhecido como “il giardino” (o jardim) pelos locais. São mais de 200 mil metros quadrados de jardim. O parque já passou por vários donos importantes desde 1561 até se tornar um parque público depois da Unificação da Itália, em 1861.

Entre 2000 e 2001, foi completamente restaurado respeitando o design original do arquiteto Petitot e seu estilo neoclássico.

O que fazer em Parma - Parco Ducale

Parco Ducale e cara de quem sentiu frio!

Onde comer em Parma

Essa é uma pergunta muito difícil de responder. Acredito que não devem ter lugares ruins na cidade! O importante aqui é não deixar de provar pratos de que tenham os famosos prosciuttos e o parmigiano reggiano. Ah! Existe outro prato famoso em Parma: a carne de cavalo crua. Sim, eu experimentei e sim é muito gostoso! Se você come carne, vale a pena experimentar!

Vejo sempre algumas indicações de restaurantes. Alguns exemplos são a Trattoria Sorelle PicchiTrattoria del Tribunale e a Enoteca Tabarro, que é na verdade um bar de vinhos. Lojas próprias de prosciuttos também, como a  La Prosciutteria Noi da Parma e a Salumeria Garibaldi. Além de ótimas gelaterias, como a Emilia Cremeria e a Gelateria la Pilotta.

Osteria dello Zingaro

O que fazer em Parma - Osteria dello Zingaro fachada.

Foi aqui que decidir comer bem e a um preço razoável. Uma coisa importante para saber antes de ir para a Itália é que, apesar de servirem o mesmo estilo de comida, Osterias, Trattorias, Tavernas e Ristorantes são diferentes e obedecem faixas de preço diferentes.

O que fazer em Parma - Osteria dello Zingaro cardápio

Osterias são as mais baratas, seguidas das Tratottorias, Tavernas e por fim os Ristorantes, que são os mais caros. Mas valem lembrar que a qualidade da comida não é inferior pelo preço menor. Apenas o estilo do estabelecimento e das pessoas que frequentam. Sempre vou em Osterias porque são deliciosas e é possível pagar um preço bem amigável. 

O blog Passeios na Toscana fez um post explicando melhor essa diferença.

Mas enfim… chegamos à minha experiência gastronômica em Parma! A Osteria dello Zingaro é muito boa, donos simpáticos, ambiente agradável e comida deliciosa! Fica na rua Borgo del Correggio, 5.

Fui a Parma com duas amigas. Nós pedimos uma entrada de carnes e queijos (claro) que estava maravilhosa! Foi na entrada, inclusive, que provei a carne de cavalo crua. Ela é a carna mais escura da foto, no lado esquerdo.

O que fazer em Parma - Osteria dello Zingaro entrada

Como prato principal, pedi um macarrão com presunto de Parma (claro) que também estava maravilhoso!! Na verdade, nem posso ver essas fotos que dá vontade de voltar imediatamente.

O que fazer em Parma - Osteria dello Zingaro macarrão com presunto

De quebra, ainda pedi um pedacinho de torta para fechar com chave de ouro.

O que fazer em Parma - Osteria dello Zingaro torta

Os três pratos e o vinho da casa (sempre peça vinho da casa, são muito bons) ficaram em EUR 23 para cada uma. Não é um valor que eu gastava em alimentação. Dificilmente gastava tudo isso em uma refeição só (ou nunca mesmo). Mas se você pretende ir para Parma, não vá sem dinheiro para comer bem. Sério.


Se você gostou desse post e quer dar uma olhadinha nele outras vezes, salve a imagem abaixo no seu painel de viagens no Pinterest! 😀

Se você pretende visitar a terra do presunto e do parmesão, saiba que é um dia para se comer bem! Venha com a gente e descubra o que fazer em Parma!

E você? Já esteve em Parma? Conta pra gente aqui nos comentários!

Lembre-se que o DDN está aberto a críticas e sugestões via Facebook, comentários e através do nosso contato direto.

Compartilhe suas ideias