Saiba o que conhecer em San Marino

Castelo San Marino

San Marino é um dos microestados europeus, com cerca de 60 km² e 30 mil habitantes. É completamente envolto pela Itália, além de ser o Estado independente mais antigo do mundo e o 5º menor país. Por ser tão especial, o Diário de Navegador fez uma visita ao país e estamos prontos para compartilhar tudo com você!

Para você aproveitar ao máximo a visita a San Marino, preparamos uma lista de atrações imperdíveis no país! E não deixe de conferir mais dicas sobre transporte e hospedagem no post San Marino: um país dentro da Itália!

O que conhecer em San Marino

O país é muito pequeno, mas tem atrações encantadoras para se conhecer! O grande foco do turismo é a capital Cidade de San Marino. O restante do país, apesar de ser bem bonito, não possui muitas atrações específicas como a capital. Por isso, você pode delimitar o seu passeio apenas a esta cidade.

Para aqueles que pretendem passar uma noite em San Marino, pode valer o passeio em outras cidades para não perder a vista. Mas para aqueles que, como eu, escolherem ir apenas até a Cidade de San Marino, o passeio já será maravilhoso!

Saiba mais sobre transporte e hospedagem em San Marino aqui.

Você pode comprar o cartão multi museu que dá direito a visitar algumas atrações, como a primeira e segunda torres, o Palazzo Pubblico e o Museo di Stato por EUR 7,50.

Saiba mais sobre o cartão aqui.

Piazza del Titano

Piazza del Titano é praça localizada no centro de San Marino. É onde você vai encontrar alguns músicos tocando na rua, muitas lojas para turistas e alguns restaurantes por perto. Não tem algum monumento que a identifique, mas vale a pena passar por lá. É muito difícil andar na cidade sem chegar até a praça em algum momento, pois é a parte mais central da cidade.

Piazza del Titano San Marino
Piazza del Titano.

Cava dei Balestrieri

Outro local que você inevitavelmente passará perto, é a Cava dei Balestrieri. É uma área aberta, mas com profundidade maior que o nível da rua, como uma espécie de buraco mesmo. Quando estive em San Marino, apenas achei bonito e promissor. Depois descobri que é neste espaço que acontecem os eventos da cidade, como shows, teatros e até alguns eventos da famosa corrida de San Marino (Grande Prêmio de San Marino).

Cava dei Balestrieri San Marino
Cava dei Balestrieri.

Piazza della Libertà (Palazzo Pubblico e Museo di Stato)

É o local mais visitado do centro histórico (sem considerar os castelos, claro). A praça tem uma vista maravilhosa do resto do país e até de pedaços da Itália. Também é cheia de restaurantes e lojas para turistas na praça e nas proximidades. É na Piazza della Libertà que está o Palazzo Pubblico e o Museo di Stato – outras famosas atrações da cidade.

 Piazza della Libertà San Marino
Piazza della Libertà.

Palazzo Pubblico

PREÇO
EUR 3 para adultos
EUR 1,50 tarifa reduzida (para estudantes e grupos com mais de 25 pessoas).

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO
De 02 de janeiro a 07 de julho: 9h – 17h
De 08 de julho a 13 de setembro: 8h – 20h
De 14 de setembro a  31 de dezembro: 9h – 17h
O museu é fechado nos dias: 1 de Janeiro, parte da tarde no dia 02 de Novembro e 25 de Dezembro.

Saiba mais sobre o Palácio no site de San Marino aqui.

Palazzo Pubblico San Marino
Palazzo Pubblico.

Museo di Stato

PREÇO
EUR 3 para adultos
EUR 3,50 tarifa reduzida (estudantes, grupos com mais de 25 pessoas, crianças entre 6 e 12 anos e pessoas acima de 65 anos
EUR 10,50 preço do ingresso de multi museus
Gratuito para crianças com menos de 6 anos.

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO
De 11 de setembro a 19 de junho: 9h – 16h30
De 20 de junho a 10 de setembro: 8h – 19h30
O museu é fechado nos dias: 1 de Janeiro, parte da tarde no dia 02 de Novembro e 25 de Dezembro.

Confira o site oficial aqui.

Basilica del Santo e Chiesa di San Pedro

Estão localizadas mais ao norte do centro histórico, uma ao lado da outra. A Basílica é a grande atração entre elas e em todo o país. É uma igreja católica (religião oficial do país) em homenagem a San Marino (ou São Marinho), o santo que deu nome ao país. Ele ajudou na independência do território antes de ser considerado um santo.

É uma igreja consideravelmente grande perto das outras construções, mas tem um interior bem normal. O mais interessante sobre essa Basílica, é que no centro do altar, onde ficaria a imagem de Jesus Cristo crucificado, está a imagem de San Marino!

Saiba mais sobre a Basílica del Santo no site de San Marino aqui.

Basilica del Santo San Marino
Basílica del Santo.
Basilica del Santo interior San Marino
Basílica del Santo – interior.

Guaita

A primeira das três torres símbolo do país, é a Guaita. Foi construída direto na rocha, sem nenhum tipo de fundação por volta do século X. Teve que ser reforçada várias vezes ao longo dos anos por isso. É também chamada de La Rocca devido a sua construção. Foi usada para abrir a população durante cercos militares na cidade. Algumas partes da torre foi usada como prisão até por volta de 1970.

PREÇO
EUR 3
EUR 4,50 com a entrada da segunda torre incluída

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO
De 02 de janeiro a 07 de junho: 9h – 17h
De 08 de junho a 13 de setembro: 8h – 20h
De 14 de setembro a 31 de dezembro: 9h – 17h
O museu é fechado nos dias: 1 de Janeiro, parte da tarde no dia 02 de Novembro e 25 de Dezembro.

Vista de um castelo no topo do morro Titano em San Marino.
Torre Guaita vista da torre Fratta.

Fratta

No ponto mais alto do monte Titano, se encontra a segunda torre, conhecida como Fratta ou La Cesta. Esta torre foi construída no final do século XI. É nela que está localizado o Museu das Armas Antigas (Museo delle Armi Antiche). O Museu guarda cerca de 530 peças como lanças, arcos e flechas, armas brancas, armas de fogo, bestas e brasões de armas datados de vários períodos da Idade Média até o fim dos anos 1800.

PREÇO
EUR 3

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO
De 02 de janeiro a 07 de junho: 9h – 17h
De 08 de junho a 13 de setembro: 8h – 20h
De 14 de setembro a 31 de dezembro: 9h – 17h
O museu é fechado nos dias: 1 de Janeiro, parte da tarde no dia 02 de Novembro e 25 de Dezembro.

Torre Fratta vista da torre Guaita.
Torre Fratta vista da torre Guaita.

Montale

Construída no final do século XIII, a terceira torre é a menor de todas, mas foi construída na posição mais estratégica para defesa do território. Em seu interior existe uma prisão de 8 metros de profundidade! Apesar de não ter visitas internas, vale a pena andar um pouquinho até ela e admirar a vista! Você pode fazer o caminho pelas pedras próximas ao muro medieval ou per dentro uma mata rasa que circula o local.

A três torres formam o símbolo do país e de sua bandeira nacional. São o grande orgulho da cidade e as maiores atrações de San Marino!

Le Montale San Marino
Montale ao fundo vista da torre Fratta.

DICA: Para quem (assim como eu) gostaria de ter um carimbo no passaporte vindo de um país tão único, basta ir no

escritório de turismo de San Marino (Palazzo del Turismo) na rua Contrada Omagnano, próximo ao teleférico. Pelo preço de EUR 5, você pode carimbar o seu passaporte!passaporte

Não deixe de conferir mais dicas sobre transporte e hospedagem no post San Marino: um país dentro da Itália!


E aí, curtiu? Compartilhe com seus amigos!

Lembre-se que o DDN está aberto a críticas e sugestões via Facebook, comentários e através do nosso contato direto.

Nós estamos sempre atualizados com as melhores dicas para viajar barato! Coloque seu nome e e-mail abaixo para receber gratuitamente novas publicações do Diário de Navegador em sua caixa de entrada! 😀

Não vai ficar fora dessa, né?

Tags relacionadas
, ,
Escrito por
Mais de Mar Falco

Hospedagem alternativa: como funciona o Airbnb?

A busca por meios de hospedagens alternativos tem crescido muito nos últimos...
Leia Mais

Compartilhe suas ideias