San Marino: um país dentro da Itália

Vista de um castelo no topo do morro Titano em San Marino.

San Marino é um dos menores países do mundo, com cerca de 60 km² e 30 mil habitantes. Completamente envolto pela Itália, é considerado o Estado soberano mais antigo do mundo. Por ser tão único, o Diário de Navegador fez uma visita ao país e vamos compartilhar tudo com você!

San Marino está entre os 6 microestados da Europa, juntamente com Malta, Andorra, Mônaco, Liechtenstein e Vaticano. Ou seja, está entre os estados independentes com menos de 1.000 km²! Além disso, é o país com menor população no Conselho da Europa e uma das maiores rendas per capta europeias!

Saiba mais: O que conhecer em San Marino!

Sua capital é a Cidade de San Marino, localizada no monte Titano, no meio do país, a 749 metros de altitude! Está muito alta em relação ao nível do mar e as cidades ao seu redor. Tão alta, que mesmo não estando localizada no litoral, em um dia de sol, é possível avistar a costa da Croácia, do outro lado do Mar Adriático, usando apenas binóculos! Existem alguns pontos na cidade onde é possível ter essa vista. Basta pagar EUR 1 para usar a luneta fixa!

Piazzetta Giuseppe Garibaldi San Marino Itália
Foto em Il Cantone – próximo a Stazione Funivia San Marino, onde chega um teleférico vinda da parte mais baixa.
Vista Castelo San Marino
Vista da entrada do segundo castelo da cidade – La Cesta o Fratta.

A breve história de San Marino

O país se tornou independente sem grandes dificuldades no ano 301 d.c. Por muitos anos, permaneceu independente sem chamar muita atenção para seu território. Em 1291, o papa Nicolau reconheceu sua independência sem muitos questionamentos.

Brasão de San Marino.
Brasão de San Marino.

Depois da invasão Napoleão Bonaparte na Itália em 1797, o Congresso de Viena reconheceu o país novamente. Após abrigar Giuseppe Garibaldi como exilado italiano, San Marino e Itália assinaram um tratado de amizade, mas San Marino se recusou a se unir ao território italiano.

Durante a Segunda Guerra Mundial, se manteve neutro e abrigou mais de 10 mil refugiados. Até hoje permanece independente do território da Itália, mesmo sendo cercado por ele. O idioma oficial é o italiano e o país funciona como um free shop dentro da Itália, já que tem os impostos reduzidos. Os turistas também aproveitam para comprar perfumes e eletrônicos mais baratos por lá.

Como chegar

Para chegar até San Marino, é preciso chegar antes na cidade italiana de Rimini. Fiz o trajeto Bologna – Rimini de trem por EUR 9,50. Chegando lá, ao lado da estação de trem, tem uma cabine que vende a passagem de ônibus até San Marino. A empresa responsável é o Gruppo Bonelli Bus com o Bus Express, que faz o trajeto por EUR 5 e gasta uma média de 1 hora.

Confira a tabela de horários aqui.

Comprando o bilhete, basta andar reto alguns metros e esperar o ônibus no ponto (o mesmo ponto que passam ônibus circulares da cidade). Ele passa com uma frequência muito boa, então você provavelmente não deve esperar tanto tempo assim. Eu esperei uns 15 minutos e logo chegou. Como muitos ônibus na Europa, você não terá um assento reservado. É por ordem de chegada no ônibus mesmo.

Para quem se atrasar e o ônibus já estiver no ponto, pode comprar o bilhete direto com o motorista. Mas é melhor já estar com ele em mãos!

O trajeto de volta segue a mesma lógica e os mesmos preços. Pegue o Bus Express no mesmo ponto que você irá descer em San Marino (na Piazza Le Marino Calcigni, na entrada do centro histórico) e desça no mesmo ponto em que pegou o ônibus em Rimini, em frente a estação de trem.

Para mais informações sobre como chegar de carro ou avião, clique aqui e acesse o site oficial do país. Para quem vai de carro, pode deixar o veículo nos estacionamentos da cidade. São vários pontos espalhados por toda a Cidade de San Marino. O estacionamento custa EUR 3,60 para 1 hora, EUR 7,20 para 2 horas, EUR 9 para 3 horas, EUR 10 entre 4 e 6 horas e EUR 20 entre 7 e 24 horas.

Transporte na Cidade de San Marino

Não precisa se preocupar com o transporte dentro da Cidade de San Marino. Dá pra fazer absolutamente tudo a pé! São alguns morrinhos, mas não vi nada de transporte público, pois as ruas são muito antigas e estreitas. É possível que nem exista! Passam carros em muitas ruas, mas não em todas!

Rua estreita de San Marino

Onde hospedar

Por ser um país tão pequeno, San Marino pode ser conhecido em apenas um dia. Mesmo sendo um lugar maravilhoso, o turismo se concentra mais na capital. O que mais acontece é um day trip de Rimini. O centro da Cidade de San Marino é cheio de hotéis, mas não será fácil achar uma albergue!

A opção mais barata é achar alguma hospedagem em Rimini. Quando fui, morava em Bologna, então fiz um day trip passando por Rimini e voltei para Bologna mesmo.

O site oficial de San Marino conta com a lista completa das acomodações da cidade! Para conferir, clique aqui.

San Marino tem alguns restaurantes bem bacanas e são muito fáceis de encontrar no centro histórico. Quando estive lá, comi no Ristorante Titano, na Contrada del Collegio, 31, ao lado do Hotel Titano. A comida é gostosa, o ambiente é aconchegante e o preço é bem normal. Paguei cerca de EUR 12, incluindo uma bebida.



Booking.com

Navegador, ao reservar sua hospedagem no Booking.com por este link acima, o DDN receberá uma pequena comissão. Não se preocupe, você não paga nadinha a mais por isso!

😀


DICA: pegue algum mapa da cidade de San Marino! O país todo está em uma montanha e é muito antigo. Então a cidade parece uma espécie de labirinto! Na estação ou na cabine que vende o bilhete de ônibus em Rimini você pode encontrar os mapas! Este foi o que peguei na estação e me ajudou muito!

Mapa San Marino Itália


Saiba mais: O que conhecer em San Marino!

E aí, curtiu? Compartilhe com seus amigos!

Lembre-se que o DDN está aberto a críticas e sugestões via Facebook, comentários e através do nosso contato direto.

Nós estamos sempre atualizados com as melhores dicas para viajar barato! Coloque seu nome e e-mail abaixo para receber gratuitamente novas publicações do Diário de Navegador em sua caixa de entrada! 😀

Não vai ficar fora dessa, né?

Tags relacionadas
, ,
Escrito por
Mais de Mar Falco

Itália: saiba o que conhecer em Veneza!

Veneza é uma das mais famosas cidades do mundo e conhecida como...
Leia Mais

Compartilhe suas ideias