Como tirar o passaporte brasileiro: veja o passo a passo

Viajar para fora do país é o sonho de muita gente. O primeiro passo legal para que isso aconteça, é a emissão do seu passaporte brasileiro! Com ele você pode dar entrada no pedido de visto ou visitar países que forneçam o visto na hora!

Primeiramente, é importante destacar que é possível viajar para alguns países usando apenas a carteira de identidade brasileira! Confira aqui quais são os países e como proceder.

Dicas de viagem: 6 dicas para você comprar passagem aérea barata!

Como tirar o passaporte brasileiro

Passo 1: verificar a documentação necessária

  • Documento de identidade (obrigatório para maiores de 12 anos)
  • Título de Eleitor
  • Documento que comprove quitação com o serviço militar obrigatório, para os requerentes do sexo masculino a partir de 01 de janeiro do ano em que completam 19 anos até 31 de dezembro do ano em que completam 45 anos.
  • Comprovante bancário de pagamento da Guia de Recolhimento da União – GRU referente à taxa devida para a emissão do documento de viagem requerido no valor de R$257,25
  • Passaporte anterior válido (caso tenha)
  • CPF (pode estar escrito na Carteira de Identidade)

Confira as condições de cada documento na lista oficial da Polícia Federal aqui.

Passo 2: solicite a emissão do passaporte

Preencha estes dados no site da Polícia Federal aqui.

Dados para emissão de passaporte

Quando preencher todos os dados, clique em PRÓXIMO.

segunda-pagina-emissao-de-passaporte

  • CPF do responsável: menores de 18 anos, devem colocar o CPF de um dos responsáveis legais.
  • A Certidão de Nascimento só precisa ser preenchida por menores de 12 anos que ainda não tem Carteira de Identidade ou pessoas que tiveram alguma alteração no nome.

segunda-pagina-final

  • Situação Militar: preenchimento obrigatório para homens acima de 18 anos.
  • Passaporte anterior: caso tenha. Se é o seu primeiro passaporte, pode deixar em branco.

dados-complementares

local-de-atendimento

  • É neste momento que você escolhe em qual unidade da Polícia Federal você quer comparecer para apresentar a documentação. Apenas as cidades maiores possuem unidades disponíveis.

Você encontra com a gente sempre as melhores dicas sobre nômades digitais e sobre viajar barato! Coloque seu nome e e-mail abaixo para receber gratuitamente novas publicações do Diário de Navegador em sua caixa de entrada! 😀

Não vai ficar fora de dessa, né?

Passo 3: pague a GRU

O valor é de R$257,25 que devem ser pagos a vista. Quando você termina de preencher os seus dados, o site gera um boleto e você deve levar o comprovante para apresentar para o fiscal da Polícia Federal junto com os seus documentos. Apenas quando o boleto estiver compensado (pode gastar até 48 horas), é que você pode seguir para o próximo passo.

Passo 4: escolha a unidade

Quando a GRU estiver paga e compensada, entre novamente no site da Polícia Federal e escolha a unidade dentro da cidade que havia escolhido antes.

Você pode fazer o agendamento aqui.

Passo 5: compareça na unidade da Polícia Federal

Na data e local que você escolheu, comparece na unidade pré-estabelecida. Chegue um pouco antes do horário marcado! Mesmo que costume ter alguns atrasos, se o fiscal chamar o seu nome e você não estiver presente, perderá o agendamento. Por isso, é melhor chegar antes e garantir a emissão do seu passaporte!

Não precisa levar nenhuma foto sua. No modelo atual de passaporte, a foto é tirada na hora pelo próprio oficial da polícia. Por isso, vá com uma blusa neutra e pouco decotada.

Passo 6: buscar o passaporte

No horário e local indicados pelo fiscal da polícia, compareça e retire o seu passaporte. Aqui vale a mesma dica sobre o horário. Chegue mais cedo para que não perca o agendamento! Apenas o titular do passaporte pode retirá-lo e será feito um reconhecimento de digital e conferencia de assinatura para retirada.

Para consultar o andamento do seu processo, entre no site da Polícia Federal aqui e digite os seus dados.

Renovação de passaporte

Não existe renovação de passaporte. Quando o seu vencer, deve realizar todo este procedimento do zero, como se fosse a primeira vez. Para tirar vistos ou entrar em alguns países, é necessário que o passaporte tenha pelo menos mais 6 meses de validade quando precisar usar. Então, se o seu passaporte estiver com menos de 6 meses de validade e você precisar tirar um novo, deve levar o antigo junto com os documentos.

Até o início de 2015, a validade do passaporte era de 5 anos. Agora, com o novo modelo implantado, a validade do passaporte passou para 10 anos! Confira nota da Polícia Federal aqui.

Se o seu passaporte já venceu ou está para vencer e você já tem um novo, não jogue o passaporte antigo fora! Parece óbvio, mas já vi muita gente desfazendo de passaporte. É um documento muito importante e que deve ser guardado sempre. Quando for tirar um novo, podem te pedir o anterior, mesmo se já estiver vencido. Caso você não tenha mais o antigo, deve apresentar um boletim de ocorrência atestando perda ou roubo. Então, não se esqueça: guarde sempre o seu passaporte antigo!

Passaporte de Emergência

No meu tempo trabalhando em agência de viagem e intercâmbio, vi muita gente deixar a emissão do passaporte para última hora e depois tentar recorrer ao passaporte de emergência. O que muita gente não sabe, é que este processo não é para quem está com uma viagem de última hora e precisa agilizar o processo.

O termo emergência usado pela Polícia Federal, configura uma real emergência. Eles fornecem este serviço para casos de catástrofes naturais, conflitos armados, viagem imediata por motivo de saúde da pessoa ou da família (cônjuge ou parente até segunda grau), proteção de patrimônio, necessidade de trabalho, ajuda humanitária, interesse da Administração Pública ou outro motivo em que o adiamento da viagem cause transtornos.

Ou seja, a não ser que a sua viagem não possa ser adiada por um motivo muito sério (perder dinheiro com cancelamento não conta como motivo sério), você não se qualificará para a solicitação de um passaporte emergencial. Confira a informação oficial no site da Polícia Federal aqui.

Ao mesmo tempo, já vi viajantes que conseguiram tirar o passaporte de emergência devido a data próxima de uma viagem! Se este for o seu caso, entre em contato com a Polícia Federal o mais rápido possível e veja se deixarão que você se encaixe nessa também. Não custa nada tentar, né?

A verdade é que não vale a pena tirar o Passaporte de Emergência para viagem, pois ele é mais caro, exige comprovação e tem validade de apenas 1 ano! Conforme própria orientação da Polícia Federal, o ideal é o passaporte normal com pedido de procedimento de entrega urgente.

Para quem está dentro dos motivos citados, o processo é quase o mesmo. Basta entrar no site e preencher os dados e comparecer direto em uma unidade da Polícia Federal os documentos do passaporte comum mais algum documento que comprove a emergência de emissão e uma foto 5×7. Se o fiscal aprovar o pedido, emitirá uma GRU e você deverá pagar na hora.

O prazo para emissão do passaporte de emergência é 24 horas e também deve ser retirado na Polícia Federal pelo titular.


Conheça as 6 regras de outros países que você precisa conhecer antes de viajar!

E aí, curtiu? Compartilhe com seus amigos!

Se você gostou desse post e quer dar uma olhadinha nele outras vezes, salve a imagem abaixo no seu painel de viagens no Pinterest! 😀

Para viajar para fora do país, o primeiro passo é a emissão do seu passaporte. Descubra aqui como tirar o passaporte brasileiro!

Lembre-se que o DDN está aberto a críticas e sugestões via Facebook, comentários e através do nosso contato direto.

Compartilhe suas ideias