6 dicas de como encontrar passagens aéreas baratas!

O gasto com passagens aéreas pode representar mais de 50% do orçamento total de uma viagem. É por isso que economizar com voos baratos pode aliviar significativamente o preço final de suas férias.

Durante o período que morei na Europa, consegui conhecer 12 países em apenas 6 meses após desenvolver alguns princípios fáceis para economizar com transporte.

É verdade que encontrar passagens aéreas com bons preços é uma arte que exige esforço e paciência. Em outras palavras, navegador, dá trabalho. Mas lembre-se que vale muita a pena! Para facilitar sua vida, nós do Diário de Navegador selecionou 6 dicas simples e muito valiosas.

1. Utilize as ferramentas corretas

Existem várias plataformas que facilitam a busca por passagens áreas baratas. Eu recomendo três delas. A primeira é o Skyscanner, que apresenta um painel intuitivo de datas flexíveis dentro de um período determinado e é possível aplicar filtros da hora do dia que você quer viajar. Outra opção é o Momondo, que além de apresentar as vantagens do Skyscanner, oferece a opção de incluir outros aeroportos próximos. Existe também o site CheapOair, que apesar de ser um pouco confuso, não deixa de apresentar os melhores valores.

2. Utilize a técnica correta

como encontrar passagens aéreas baratas

Mais importante que conhecer as ferramentas é conhecer a técnica correta e, ao pesquisar passagens aéreas, existe uma regra de ouro: pesquise em janela anônima. Todos estes sites e vários outros conseguem lhe reconhecer sempre que acessa-los para uma nova busca. Desta forma, as empresas podem aumentar os preços de forma a lhe fazer pensar: “poxa, o preço está subindo… Devo comprar agora antes que fique pior!” Sim, navegador. Esta técnica existe e é mesmo cruel. Ao pesquisar em janela anônima, você evita este tipo de reconhecimento.

Saiba também que, em alguns casos, o voo e o preço mostrados nestes buscadores não condizem com o que a companhia aérea oferece. Neste sentido, acesse todas estas plataformas e outras de seu interesse e tente encontrar a mesma opção de voo em todas elas. Além disso, verifique se o voo realmente existe no site da companhia aérea e lembre-se: os buscadores são somente fontes de informação. Compre direto da cia aérea para não correr o risco de ser enganado.

Por fim, finalize suas compras no dia correto. Pode parecer estranho, mas existem dias da semana em que as passagens aéreas são oferecidas por melhores preços. Antigamente, esse melhor dia era terça-feira. Recentemente, o site Expedia em parceria com Airlines Reporting Corporation (uma espécie de instituto de relatórios das companhias aéreas), atualizou estas informações. Anunciaram em seu relatório anual “Preparing for Takeoff: Air travel outlook for 2016” que os finais de semana são agora o melhor momento para buscar por pechinchas nas compras de passagens aéreas na internet.

3. Conheça possíveis companhias low costs

Entre no site do aeroporto de destino e verifique todas as companhias aéreas que trabalham nele. Talvez você encontre companhias pequenas com ótimas ofertas, as famosas low costs, que não aparecem em sites de busca.

Existem low costs para vários destinos. Dentro dos EUA, por exemplo, a JetBlue e a Southwest são bons exemplos. Na América do Sul, considere a Avianca Colômbia, a Sky Airline, Sol Línea Aérea e também a Gol. A ideia é viajar pela Europa? Não deixe de conferir os sites da Ryanair e easyJet. Para o sudeste asiático, lembre-se da Air Asia, Orient Thai e JetStar. Para mais informações sobre companhias aéreas low costs, procure por listas completas na internet.

4. Tenha flexibilidade

Um bom viajante que quer economizar se adapta a companhia aérea e não o contrário. Uma boa dica é agendar suas férias somente quando encontrar boas passagens aéreas e não o contrário.

Não tenha um roteiro congelado. Tenha disponibilidade para alterar a data de ida, de retorno, aumentar ou diminuir a estadia em algum destino do roteiro. Para facilitar, alguns sites permitem selecionar a opção “datas flexíveis” ou “considerar 1 (um) dia a mais ou a menos” no momento da pesquisa.

Além disso, procure por passagens em dias e horários pouco procurados: quarta-feira ou sábado de manhã. Caso não seja possível voar nestes dias, dê preferência para os horários entre 12h e 16h.

5. Considere não viajar de avião

Se não existem opções que caibam em seu orçamento, considere outros meios de transporte, como ônibus, carro ou até barcos e navios. Crie rotas alternativas. Uma boa ferramenta para lhe auxiliar neste sentido é o Rome2Rio. Este site traça diferentes opções de rotas até o seu destino e, com um pouco mais de esforço e criatividade, você pode mesclar as opções e adaptar o roteiro ao seu bolso. Talvez seja melhor pegar algum transporte alternativo até um aeroporto próximo para depois sim pegar o voo para o destino desejado.

6. Assine newsletters

Fique sempre por dentro de promoções relâmpago e outras ofertas. Para isso, coloque seu e-mail ou telefone nos sites destas empresas citadas e curta suas páginas no Facebook para ficar ligado nas novidades.

Nós do Diário de Navegador estamos sempre atualizados com as melhores dicas para viajar barato. Comece assinando nossa Newsletter para receber gratuitamente nossas novas publicações em sua caixa de entrada!


Este é o método utilizado pelo Diário de Navegador! Permite economizar bastante, vale tentar.

E aí, curtiu as dicas selecionadas? Compartilhe com seus amigos!

Lembre-se que o Diário de Navegador está aberto a críticas e sugestões via Facebook, comentários e através do nosso contato direto.

Compartilhe suas ideias