Free Walking Tours: saiba como funcionam e como participar

Muito comuns na Europa e agora também em outras partes do mundo, os Free Walking Tours juntam turistas para mostrar os principais pontos turísticos da cidade e contar aquelas histórias de jeitos que só guias sabem contar. Como costumam ser uma boa pedida, o Diário de Navegador resolveu explicar como funcionam e como você pode participar.

Os que são guias?

Guias de turismo* são os profissionais responsáveis por guiar, entreter, dar assistência e informar os turistas sobre um determinado destino. São treinados e especializados para cada lugar. Eu, particularmente, fui treinada como guia regional no estado de Minas Gerais. O treinamento normalmente envolve cursos de primeiros socorros, organização profissional ou até mesmo etiqueta.

*Muitas pessoas confundem guias de turismo com guias turísticos. O primeiro é o profissional. Já o segundo é o guia escrito.

Os guias podem ser agenciados ou autônomos. No caso, os guias que fazem Free Walking Tours são agenciados. Pode parecer que não, mas por trás de destes profissionais de guarda-chuvas (usados normalmente para identificá-los), existe uma agência. Por isso é tão importante saber como estes tours funcionam.

Como os free walking tours funcionam

Antes de dar início ao passeio, o guia pode pedir para tirar uma foto do grupo, te entregar uma senha ou até recolher sua assinatura. Isto porque devem passar para as empresas o número de turistas que participaram dos seus tours. Logo, as agências cobram deles a sua comissão.

No início dos passeios os guias costumam explicar como funcionam os tours, o que é bem simples. Todo o trabalho é comissionado. É chamado de Free Walking Tour não por ser todo gratuito, mas por não haver pagamento mínimo. Então, quando acaba o passeio, os guias recolhem a comissão de cada um, que devem dar uma valor que acharem justo pelo nível do serviço prestado.

Para a agência, é um grande benefício ter guias de turismo usando seu marca para promover a cidade e receberem uma parte do valor. Para os guias de turismo é benefício fazer os tours por cidades que amam e conhecem bem, sem ter a preocupação de captar os turistas. Para os turistas, o benefício é ainda maior. Além de participarem de tours guiados e pagarem um valor que acham justo, ainda costumam receber um serviço de excelente qualidade. Isso porque o feed back dos turistas reflete diretamente nos guias, que devem estar sempre melhorando o trabalho para ganharem mais gorjetas.

O pagamento

Vale lembrar, portanto, que aquele valor que você paga no final não vai todo para o guia. Então considere que este é o emprego dele e que – provavelmente – fez um bom trabalho. Não existe valor certo para dar, mas tenha em mente que algo em torno de 3 euros do que você pagou, fica para a agência (esse valor varia por agência e por cidade).

Já vi pessoas dando 5 euros, 10 euros, 20 euros.. Avalie com carinho e respeito o serviço que acabou de receber e decida o quando ele valeu em dinheiro para você. Só não vale pagar muito pouco ou ficar sem pagar, aí é maldade. Vale lembrar que para algumas pessoas receber muitas moedinhas ou uma quantidade muito pequena de dinheiro chega a ser ofensivo. Basta cooperar que todo mundo sai ganhando!

Onde fazer um free walking tour?

Para encontrar estes Free Walking Tours basta pegar algum mapa da cidade, que normalmente é patrocinado por estas agências e tem a marcação do ponto de encontro. Normalmente os tours começam nas praças principais das cidades por volta de 10, 11 ou 14 horas, todos os dias.


E aí, curtiu? Compartilhe com seus amigos!

Lembre-se que o DDN está aberto a críticas e sugestões via Facebook, comentários e através do nosso contato direto.

Nós estamos sempre atualizados com as melhores dicas para viajar barato! Receba gratuitamente novas publicações do Diário de Navegador por e-mail! 😀

Não vai ficar fora dessa, né?

Tags relacionadas
Escrito por
Mais de Mar Falco

Cracóvia em 4 dias

Com um dos centros históricos mais bem preservados e considerado Patrimônio Mundial...
Leia Mais

1 Comentário

  • Também fiz um post sobre isso há alguns meses. Acho um horror as pessoas que não dão gorjeta mesmo achando que o tour valeu a pena. É igual gente que filma artista de rua e não dá dinheiro. As pessoas não entendem que esse é o trabalho deles…

Compartilhe suas ideias